Resultados de Exames


Esta postagem dá um ideia do resultado de exames (Ultrassonografia, Mamografia, Ressonância...):


  • Bi-Rads
  • Mama Densa
  • Cisto
  • Nódulo
  • Calcificações
  • Tumor
  • Linfonodo

Obs.: As informações aqui contidas analisam individualmente cada possível elemento de um exame e não representam um diagnóstico. É indispensável que os resultados dos exames sejam analisados por um médico, o qual a partir de uma combinação de fatores poderá dar o diagnóstico adequado.





Mama Densa
Indica que a mama em questão tem pouca gordura. Muitas vezes isso dificulta a visualização em alguns exames como mamografia dando-se preferência ao uso da ultrassonografia neste caso.

Cisto
·  É uma alteração benigna. Normalmente oval que pode aparecer em exames de imagem como ultrassonografia, mamografia e ressonância magnética.
·  Geralmente é composto por líquidos;
· Às vezes precisa ser drenado por punção (PAAF);
·  Pode desaparecer sozinho.

Nódulo

 Calcificações
·   Calcificação vem de cálcio, presente no leite, que por alguma alteração a mama pode passar a produzir em quantidade maior que o normal mesmo que a pessoa não tenha secreção saindo pelo mamilo. Geralmente esse cálcio é reabsorvido, mas quando se acumula em algumas regiões indicam que nessa região possivelmente há um nódulo, cisto, cicatriz ou tumor.
· De acordo com o “desenho” que as microcalcificações formarem na mamografia, pode indicar uma suspeita de malignidade ou não, precisando ser confirmada por uma punção PAAF ou Core.




Tumor
  • Tumor é um termo genérico que indica um aumento anormal de uma parte ou da totalidade de um tecido.
  • Esta proliferação pode ser benigna ou maligna. Para confirmação se faz necessária uma biopsia através de punção PAAF ou Core.
  • Pode aparecer em exames de imagem como Ultrassonografia, Mamografia e Ressonância Magnética.





Linfonodo
  • Linfonodo é o mesmo que íngua, que fazem parte do sistema de defesa do organismo.
  • Um aumento no tamanho do linfonodo pode fazer com que ele fique visível em exames.
  • Esse aumento acontece quando o nosso corpo precisa se proteger de agentes agressores, como simples bactérias ou até mesmo câncer. Por exemplo, um corte na mão pode provocar o aparecimento de uma íngua na região axilar. Pode ser visualizado em exames como ultrassonografia e ressonância magnética.




Carcinoma

Esse é um resultado que geralmente é obtido nos exames de Punção (PAAF), Core Biopsy, Mamotomia, entre outros. Infelizmente um carcinoma é um câncer. Mas vale a pena não se desesperar nessa hora, pois toda a linha de tratamento vai depender de vários outros fatores.



BI-RADS
Quase todos os exames que fazemos (Ultrassonografia, Mamografia, Ressonância Magnética, entre outros) vem com a classificação Bi-Rads que indica o grau de malignidade ou de suspeita de malignidade dos achados do exame. As categorias de avaliação do BI-RADS são:

·   BI-RADS zero: É necessário realizar nova mamografia para maiores esclarecimentos;
·   BI-RADS 1: Normal, sem alterações nas duas mamas;
· BI-RADS 2: Presença de cisto benigno, fibroadenoma, calcificação, lipoma ou hamartomas;
·  BI-RADS 3: Alteração provavelmente benigna na mama, devendo a mamografia ser repetida após 6, 12 e 24 meses. A incidência de tumor maligno nesta classificação é de apenas 2%;
·   BI-RADS 4: Lesão suspeita. Deve ser classificada ainda como:
o  BI-RADS 4A: Lesões que necessitam de intervenção, como, por exemplo, um cisto ou abscesso mamário que necessita ser aspirado. Após aspiração deve-se realizar a biópsia do conteúdo para verificar possível malignidade;
o  BI-RADS 4 B: Lesão suspeita, que necessita de exames complementares para maior esclarecimento, como a histopatologia (Punção) e o ultrassom mamário;
o  BI-RADS 4 C: Lesão suspeita, mas não clássica de câncer de mama, embora seja provável que o seja;
· BI-RADS 5: Lesões compatíveis com o câncer de mama, deve-se realizar maior investigação;
· BI-RADS 6: Diagnóstico fechado de câncer de mama quando a biópsia também o comprova.



Fonte: Tua Saúde

8 comentários:

  1. Pena nao ter conhecido teu blog antes... Qtas informacoes!!! Tive q fucar na internet pra procurar tudo o q vc postou aqui e q eu tb precisei saber... Mas como vc esta hj?

    ResponderExcluir
  2. ESTOU COM BI-RADS CATEGORIA III, BOM SABER QUE NAO DEVO ME PREOCUPAR MAS É NORMAL A MAMA ALMENTAR O TAMANHO E DOER?

    ResponderExcluir
  3. A 6 meses fiz uma usg que deu categoria 4,não cheguei a fazer biópsia, fiz apenas uma Rnm.

    ResponderExcluir
  4. Olá boa noite,estou com uma dúvida fis uma monografia deu birads1e pediu pra ser corrigido com uma ultrasom aí deu birads2 (sisto simples),o primeiro médico disse pra não me preocupar e outro médico já avilou com um suposto câncer,isso tá tirando minhas noites de sono tô disisperada oq fazer?

    ResponderExcluir
  5. Ola boa noite,fiz uma mamografia deu birads1 e na mesma pediu para corrigir com uma ultrasom e essa ultrasom o resultado foi birads2 (deu disto simples) o médico que avaliou disse q não era pra me preocupar q era só um susto é não presciva de tratamento, aí o segundo médico que olhou o exame já me disse que deu câncer, estou desesperada oque fazer...
    Segundo ele birads2 já é câncer estou a ponto de me enlouquecer...

    ResponderExcluir
  6. Ola boa noite,fiz uma mamografia deu birads1 e na mesma pediu para corrigir com uma ultrasom e essa ultrasom o resultado foi birads2 (deu disto simples) o médico que avaliou disse q não era pra me preocupar q era só um susto é não presciva de tratamento, aí o segundo médico que olhou o exame já me disse que deu câncer, estou desesperada oque fazer...
    Segundo ele birads2 já é câncer estou a ponto de me enlouquecer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi como vc está? Espero que Bem... qq coisa se quiser conversar meu email é carolina.aps2012@gmail.com.

      Que Deus te abençoe

      Excluir