quarta-feira, 18 de julho de 2012

Parte 16 - Fazendo a Core-Biopsy

Resumo das postagens anteriores:
_______________________________________________________________________
Minha mama começou a sangrar espontaneamente: Parte 1
Os primeiros médicos não encontravam a causa do sangramento enquanto ele aumentava: Parte 2
Algumas pessoas, na tentativa de ajudar, acabavam atrapalhando: Parte 3
Mais 4 médicos não conseguiram diagnosticar o meu problema: Parte 4
Veja o que os planos de saúde são capazes de fazer para atrapalhar o seu tratamento: Parte 5
O último médico decidiu fazer uma cirurgia e eu resolvi procurar uma segunda opinião: Parte 6
A médica-anjo pediu outra ultrassonografia, mas o resultado foi que tudo estava normal: Parte 7
Aconteceu a coisa mais importante e surpreendente de todo o meu tratamento: Parte 8
A médica-anjo pediu uma ressonância e uma nova citologia e me encaminhou para o 8º médico: Parte 9
Depois de muita luta consegui a autorização para a ressonância: Parte 10
A ressonância só mostrou um a área estranha: Parte 11
A médica-anjo indicou que eu fizesse uma cirurgia com o médico grosso: Parte 12
Deus fez mais um milagre e minha médica indicou que eu fizesse uma Core Biopsy: Parte 13
O médico grosso se negou a prescrever a Core Biopsy: Parte 14
Resolvi pagar pela Core Biopsy: Parte 15
_______________________________________________________________________

No dia da biópsia, eu estava bastante ansiosa. Eu levaria várias furadas de uma agulha super grossa e haveria também uma pequena incisão com o bisturi. Felizmente havia anestesia local. Eu tinha medo que isso tudo piorasse o meu caso. Rezei bastante antes que a biópsia começasse e isso me ajudou um bastante. A especialista-anjo entrou bastante animada, me chamando pelo nome. Ela já conhecia o meu caso, de tanto conversar com a minha médica-anjo. Suspeito que foi essa especialista-anjo que sugeriu para a minha médica-anjo que eu fizesse a ressonância essa biópsia também, o que me fez admirar o seu comprometimento com o trabalho e sua determinação em resolver problemas. É uma ótima profissional, assim como minha médica-anjo.

A especialista-anjo começou então a biópsia. Começou com a anestesia, e em seguida pediu o bisturi. Neste momento resolvi virar o rosto para o outro lado para não ver o que ia acontecer ali. Em seguida ela colocou a agulha para retirar os fragmentos. Essa agulha dispara de dentro dela, o metal cortante que coleta os fragmentos do tecido. Realmente não doeu nada, somente ardia. Porém, a especialista-anjo teve que fazer esse procedimento várias vezes, então foi ficando cada vez mais dolorido. Geralmente não se tira tantos fragmentos, então não dói tanto como o meu doeu. A especialista-anjo também comentou que estava sangrando muito, mas que provavelmente seria por causa do sangue que já estava preso na mama. Ao término do exame, saí da sala como se tivesse levado uma surra. Em seguida fomos levar o material que foi coletado para a clínica que faria a análise. Dentro de 10 dias sairia o resultado. 

Fui para casa e, conforme recomendações médicas, coloquei bastante gelo no local das incisões. Na verdade só doía quando eu fazia certos movimentos com o braço, como levantar muito, ou quando eu tocava na minha mama. fora isso, eu conseguia fazer tudo normalmente, mas mesmo assim me senti exausta devido ao estresse gerado pelo medo desta biopsia. Demorou uma semana para que eu me recuperasse completamente.
Clique no botão g+1 abaixo para divulgar a página!

Próxima Postagem: Parte 17

Nenhum comentário:

Postar um comentário